E o mais avançado smartphone da atualidade é...

O Galaxy Note 20 da Samsung tem a caneta, o Mate40 Pro da Huawei tem câmera, os dobráveis são dobráveis e os iPhones são iPhones e no entanto, talvez nenhum desses consiga fazer peito a esta nova proposta com selo da Lenovo.

Atualmente não é nada fácil encontrar um telemóvel com especificações mais avançadas do que aquelas que o Legion Phone Duel apresenta.

É com a marca Legion que a Lenovo ataca o mercado do gaming. Primeiro nos computadores e agora nos telemóveis. Sendo que este equipamento é, na verdade, produzido pela Motorola uma fabricante histórica que atualmente pertence ao grupo da Lenovo.

E aquilo que estas três marcas têm para propor é um telefone muito especial. Talvez um pouco espesso, pesado e vistoso demais para a maioria dos utilizadores, mas como é apontado ao mercado gaming esses exageros perdoam-se.

Quanto mais não seja porque este Legion Phone Duel é também dono de um verdadeiro exagero de características muito acima da média: o processador é o mais avançado da Qualcomm, o Snapdragon 865+, vem com 16GB de RAM, 512 gigas de armazenamento e o ecrã é OLED com uma taxa de atualização de 144Hz.

Especificações excelentes, mas que recebem um forte empurrão vindo da bateria. Ou melhor, das baterias. O Legion Phone Duel tem duas. Cada uma de 2500mAh e que como o telefone tem duas fichas para as carregar (e porque o carregador é poderoso) em meia hora, as duas vão dos 0 aos 100%.

Tem ainda coisas como um par de botões invisíveis (a Lenovo chama-lhes ultrassónicos), mas que estão lá e podem ser usados como um comando para os jogos. Tem duas câmeras, mais uma lente para as selfies especial.

Um equipamento cheio de características avançadíssimas, mas que mesmo assim está longe de ser dos mais caros no mercado.

O Legion Phone Duel, nem chega aos mil euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de