Estados norte-americanos acusam Google de monopólio no acesso a aplicações

A Google é acusada de empregar métodos anticoncorrenciais para desencorajar a distribuição de aplicações através de outros canais que não a sua Play Store, cujo sistema de pagamento cobra taxas de transação.

Dezenas de estados norte-americanos processaram a Google na quarta-feira, acusando-a de abusar do seu poder com utilizadores de telefones Android que pretendiam descarregar aplicações.

Os processos, que visam a Play Store, uma loja 'online' para obter aplicações e outros conteúdos digitais nos telemóveis Android, surgem numa altura em que as principais empresas de tecnologia de informação enfrentam críticas e processos judiciais crescentes.

"Estamos a trazer este processo para acabar com o monopólio ilegal da Google e finalmente dar voz a milhões de consumidores e proprietários de empresas", disse a Procuradora-Geral de Nova Iorque, Letitia James.

"Esta empresa fez com que centenas de milhões de consumidores procurassem na Google, e só na Google, o acesso aos milhões de aplicações que poderiam querer descarregar para os seus telemóveis e 'tablets'".

O processo, apoiado por 37 procuradores-gerais, acusa a Google de empregar métodos anticoncorrenciais para desencorajar a distribuição de aplicações através de outros canais que não a sua Play Store, cujo sistema de pagamento cobra taxas de transação.

"Android e Google Play proporcionam uma abertura e escolha que outras plataformas simplesmente não têm", disse o diretor de políticas públicas da Google, Wilson White.

Ao mesmo tempo, espera-se uma decisão no processo instaurado pela Epic Games contra a Apple por abuso de posição dominante na sua loja 'online', a App Store.

A App Store é o único local para aplicações e outros conteúdos para iPhones e outros dispositivos que executam o sistema operativo iOS.

Inversamente, as pessoas que utilizam 'hardware' móvel Android podem obter aplicações através de outros meios que não a Play Store.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de