Há uma nova marca de gaming "made in Portugal"

Há uma marca portuguesa no mundo do gaming. Chama-se Matrics e o que vende são artigos que qualquer gamer que se preze precisa.

Há cadeiras, vários modelos mesmo, algumas vêm com um par de almofadas extra só para que o gamer se sinta ainda mais confortável durante aquelas horas que está ali a jogar. Têm também pormenores interessantes e mais a pensar nos pais desta malta do que nos filhos. É caso das rodas anti-risco que, afirma a Matrics "não riscam o chão" lá de casa.

Depois, há teclados: seis modelos diferentes com luz interna e configurável e ainda com outras características que quem passa horas a jogar sabe que são importantes...

Há também headsets: equipamentos que aliam auscultadores e microfone. A ideia é que se possa combinar estratégias, dar ordens, ou apenas conversar ou insultar quem também está no jogo.

Ratos: com uma velocidade e precisão bem superior àquela que é atingida pelas versão mais habituais destes equipamentos.

E por fim, há mesmo um monitor. Pode ser montado na vertical, mas o que importa mesmo nele é que tem uma taxa de atualização de 144hz, um tempo de resposta de um milissegundo, e é LED e Full HD.

Chama-se GM24 e custa 180 euros.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados