Helicóptero Ingenuity volta a voar em Marte e "continua a bater recordes"

NASA anuncia mais um voo bem-sucedido no planeta vermelho.

O helicóptero Ingenuity ("Engenhosidade") voltou este domingo, pela terceira vez, voar em Marte.

"O terceiro voo já está nos livros de história. O nosso helicóptero continua a bater recordes, voando mais rápido e mais longe", anunciou a NASA nas redes sociais.

Esta é a terceira vez que o Ingenuity consegue levantar voo com sucesso na fina atmosfera de Marte.

Naquele que foi o primeiro voo de um engenho motorizado noutro planeta, no dia 19 de abril, o Ingenuity descolou na vertical, subiu até uma altura de três metros e manteve-se em voo estacionário durante 30 segundos, antes de fazer uma rotação sobre si mesmo e voltar a pousar no solo com sucesso.

Dias mais tarde, a 22 de abril, o helicóptero da NASA voltou a voar de forma autónoma durante 52 segundos, elevando-se a 4,9 metros do solo. Além disso inclinou-se num ângulo de 5 graus e moveu-se para o lado a uma distância de dois metros.

Foi também durante este voo que capturou a sua primeira fotografia colorida da superfície de Marte:

Com 1,21 metros de diâmetro e 1.8 kg, o Ingenuity assemelha-se a um drone de grandes dimensões, composto por quatro pés e duas hélices. Está equipado com painéis solares, uma sonda e uma câmara, para que possa fotografar o solo marciano visto do céu, mas a sua principal função é testar a possibilidade de voar em Marte.

O sucesso deste sistema é crucial para a exploração de outros planetas no futuro, por permitir a um engenho não tripulado ir a locais aonde os robôs não conseguem aceder, como desfiladeiros.

Em homenagem aos irmãos Wright, os primeiros a voar no planeta Terra, em 1903, na Carolina do Norte, Estados Unidos, o Ingenuity leva consigo um pedaço de tecido desse avião..

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de