Huawei P40 Pro: Nunca viu um smartphone com um ecrã como este

O ecrã deste telefone tem os lados, mas também o topo e o fundo arredondados. Parece coisa pouca, mas não é. O Huawei P40 Pro é um smartphone confortável como nenhum outro consegue ser.

A tecnologia usada no ecrã é brilhante, mas não é só aí que ele se destaca. O P40 Pro é uma máquina ao nível do desempenho, tem das melhores câmeras do mercado e uma autonomia muitíssimo boa. Só tem um calcanhar de Aquiles. Mas já lá vamos...

É um monstro na fotografia e no vídeo, mas é pelo ecrã que arrancamos.

Este Huawei P40 Pro tem um ecrã de 6,6" AMOLED. É nele que está a lente das selfies (e respetivos sensores), mas penso que esse furo não incomoda por aí e além. Tem uma qualidade ótima, cores garridas e intensas e uma taxa de atualização de 90Hz.. Esta é uma característica que lhe atribui uma maior fluidez, mas o destaque vai todinho para os lados arredondados.

É um dado incontornável e embora isso pareça mais cosmético do que outra coisa, a verdade é que torna a utilização deste telefone um mimo. Depois de o usar vai ser muito difícil a adaptação aos outros telefones.

Ainda em termos de aspeto, é importante deixar um sublinhado para a cor deste equipamento. Não só é muito bonito, como é um repelente de dedadas como nunca tinha vista.

Pode procurar, mas não vai ser fácil encontrar um telefone melhor apetrechado do que este em termos de sensores. O principal é de 50MP e tira algumas das melhores fotografias que um telemóvel alguma vez tirou. De dia e de noite.

Tem ainda uma lente ultra grande angular que é boa nas fotos, mas que parece ter nascido a pensar nas filmagens. Se usar o smartphone para filmar, vai ficar impressionado com o que este equipamento é capaz de fazer. Em breve os estabilizadores mecânicos de imagem estão condenados a desaparecer. As filmagens que o P40 Pro produz são suaves como poucas.

Atrás está ainda uma lente periscópica capaz de fazer um zoom óptico (fixo) de 5x. As imagens apresentam uma qualidade razoável. O zoom é que poderia ser um pouco mais curto. Os utilizadores ficariam melhor servidos.

Em termos de software, a Huawei promete maravilhas neste equipamento. Vai ser, por exemplo, capaz de apagar uma pessoa "indesejada" de uma foto. Mas só numa próxima versão do sistema operativo.

O calcanhar de Aquiles deste equipamento está relacionado com a Google e Donald Trump. Novamente: este telefone não tem os Serviços Móveis da Google (pelo menos de origem) e para quem é grande utilizador de serviços como o Google Docs, o Google Fotos ou o Google Hangouts, isto é um problema grave.

A boa notícia é que começam a parecer formas de resolver esse problema. É o caso desta, apresentada pelo site português AndroidGeek , que trata dele a 100%.

Quanto ao desempenho, o que o P40 Pro nos oferece é uma performance tão boa quanto a de todos os outros topo de gama. Simples. O processador que tem é o Kirin 990, mas o que é importante dizer é que é 5G e WiFi 6. Já que se fala de redes móveis, destacar também que é dual SIM e suporta ainda tecnologia eSIM. Tem 256GB de armazenamento, e 8GB de memória RAM.

Sobre a bateria, ela é de 4200mAh e conta com carregamento rápido a 40W. Esse carregador está incluido. O que não está incluido é o carregador sem-fios, que no caso do Huawei P40 Pro pode ir até aos 27W. Não é recorde, mas é muito bom.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de