"Acoplagem confirmada." Robô que vai aprender com astronautas já chegou ao espaço

O robô Fedor vai viver com os astronautas para aprender a ajudá-los nas tarefas necessárias. A sonda que o transportava já chegou à estação espacial.

A sonda Soyuz, com o primeiro robô humanoide russo Fedor a bordo, atracou esta madrugada na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), depois de uma tentativa falhada no sábado, informou o Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia (CCVE).

"Contacto confirmado, acoplagem confirmada", anunciou um comentador da rede de televisão NASA TV, da Agência Espacial Americana, citado por agências internacionais.

Fedor é o primeiro robô humanoide a ser enviado para o espaço pela Rússia e deverá ficar na ISS até 7 de setembro, para aprender a ajudar os astronautas na estação espacial.

Com um corpo antropomórfico prateado, Fedor mede 1,80 metro de altura e pesa 160 quilos. O nome corresponde ao acrónimo "Final Experimental Demonstration Object Research" e refere-se à designação russa Fyodor.

O robô tem contas nas redes sociais Instagram e Twitter, que detalham o seu quotidiano, com situações como quando aprende a abrir uma garrafa de água.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de