Review ao Samsung Galaxy Fold: uma "fragilidade alarmante"

Estão aí as primeiras (e talvez últimas) análises àquele que era para ter sido o primeiro smartphone da Samsung com ecrã dobrável. Também foi publicado um vídeo em que o equipamento é desmanchado peça a peça. O panorama não é positivo.

Teria sido esta sexta-feira. A esta hora, os primeiros compradores estariam dar as suas primeiras voltinhas com o Galaxy Fold, aquele que ia ficar para a história como o primeiro smartphone com ecrã dobrável lançado por empresa de alcance mundial.

Mas não foi esse o destino que os deuses da tecnologia quiseram dar ao Galaxy Fold.

E não foi assim porque o equipamento nasceu torto. A questão da dobradiça foi testada por robôs até à exaustão, mas bastou um pequeno grupo de humanos pôr as mãos no equipamento para os erros de design começarem a aparecer.

Para os lados do iFixit, os especialistas do site estão a apontar erros monumentais. O iFixit é especializado em reparações de equipamentos eletrónicos e são famosos os vídeos em que desmontam componente a componente qualquer aparelho. O que eles dizem desta vez é que a Samsung dedicou tanta atenção à dobradiça que esqueceu o resto. Tanto assim, que a sujidade entra com facilidade para baixo do ecrã dobrável. E não é apenas pó. São pequenos pedaços, mesmo. Migalhas, por exemplo.

Neste momento, a Samsung está a pensar o que vai fazer com os equipamentos que já produziu. Se perde o amor ao dinheiro e os deita fora, como aconteceu com o Note7, por causa da bateria que se incendiava, ou se encontra uma solução menos dispendiosa e ainda consegue salvar a lixeira as unidades já produzidas.

Entretanto, e apesar do lançamento ter sido congelado, os jornalistas avançaram com a publicação das respetivas análises. Todas sob o efeito do que aconteceu, evidentemente. Os títulos dizem tudo. Um sonho desfeito escreve o The Verge, "um mau começo para algo incrível" diz a Gizmodo, "potencial e promessa, mas não um produto" na visão do Android Central, "muito dinheiro por um protótipo" escreve ainda o Engadget.

O iFixit não lhe dá um título, mas há uma frase que diz tudo: o Galaxy Fold é de uma "fragilidade alarmante".

Mais tarde, o iFixit acabou por retirar o vídeo onde desmontava o Galaxy Fold. O pedido foi feito de forma indireta pela Samsung e o iFixit e, mesmo não estando obrigado, o iFixit a bem de todos os envolvidos acabou por acatar esse pedido.

O que vale é que o Web Archive guardou qualquer coisa.

Notícia atualizada às 16h00

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de