Jovem de 18 anos vai viajar com Jeff Bezos ao espaço

Com o ensino secundário terminado recentemente, em 2020, e portador de uma licença de piloto privado, o jovem é o primeiro passageiro a pagar uma viagem à Blue Origin.

Oliver Daemen, de 18 anos, vai tornar-se o astronauta mais novo da história quando viajar para o espaço com o bilionário Jeff Bezos no voo inaugural da nave da Blue Origin, na próxima terça-feira, anunciou a companhia aeroespacial, citada pela AFP.

Com o ensino secundário terminado recentemente, em 2020, e portador de uma licença de piloto privado, o jovem é o primeiro passageiro a pagar uma viagem à Blue Origin, embora não tenha sido o vencedor do leilão. O vencedor, que garantiu a sua vaga por 28 milhões de dólares, pediu para permanecer anónimo e garantiu que voará numa futura missão.

"Isto marca o início das operações comerciais [da nave] New Shepard e o Oliver representa uma nova geração de pessoas que nos ajudarão a construir um caminho para o espaço", disse Bob Smith, diretor executivo da empresa fundada por Bezos.

A New Shepard permitirá realizar o sonho de vida de Daemen, um jovem fascinado pelo espaço, pela Lua e por foguetões desde os quatro anos. No futuro, Oliver Daemen planeia ingressar em setembro na Universidade de Utrecht, nos Países Baixos, para estudar física e gestão de inovação.

A empresa não divulgou a nacionalidade de Oliver Daemen, mas a sua conta pública no Instagram tem a maioria dos comentários em holandês.

Assim, Daemen vai juntar-se a Bezos, ao irmão Mark e à piloto veterana Wally Funk a bordo do primeiro voo tripulado da nave New Shepard. Com 18 e 82 anos, Daemen e Funk, respetivamente, serão os astronautas mais novo e mais velho a viajar para o espaço.

Bezos, fundador da Amazon e homem mais rico do mundo, espera juntar-se a Richard Branson no clube dos bilionários que viajaram para o espaço numa nave construída pela sua própria empresa. Branson viajou a bordo de uma nave espacial da Virgin Galactic no domingo, um marco importante para a ainda incipiente indústria do turismo espacial.

Embora Bezos fique em segundo lugar, a Blue Origin presume que a sua experiência de viagem será superior à da Virgin Galactic porque, ao contrário da concorrente, a New Shepard vai cruzar a fronteira do espaço reconhecida internacionalmente, a uma altitude de 100 quilómetros. Além disso, a Blue Origin também garante ter o foguetão mais ecológico e as ambições da empresa não se limitam ao turismo espacial, já que agora espera tornar-se numa importante subcontratada para as missões da NASA.

Atualmente, a SpaceX, de Elon Musk, é a principal sócia do setor privado da agência espacial norte-americana, o que inclui levar vários astronautas à Estação Espacial Internacional desde 2020. A SpaceX também está a desenvolver um foguetão de exploração espacial distante para futuras missões tripuladas em Marte.

Mais Notícias

Patrocinado

Apoio de