Microsoft apresenta Windows 11 e abre a porta a aplicações Android no computador

Nova versão do sistema operativo deve começar a ser distribuída ao público perto de novembro, depois de várias versões de teste.

A Microsoft revelou, esta quinta-feira, uma nova versão do sistema operativo Windows, que alimenta a maioria dos computadores do mundo, e abriu a porta a aplicações do sistema operativo Android, da Google. O titã da tecnologia norte-americana anunciou que o Windows 11 estará disponível perto do Natal como uma atualização gratuita do seu predecessor.

"O dia de hoje é um marco importante na história do Windows", disse o chefe executivo da Microsoft, Satya Nadella, numa apresentação virtual transmitida esta tarde. "É o início de uma nova geração de computação, estamos a reconstruir tudo."

As características do Windows 11 realçadas pela Microsoft incluem trazer aplicações Android para o Windows, pela primeira vez, permitindo aos utilizadores de computadores pessoais obtê-las através da Amazon App Store. A seleção está, no entanto, limitada a aplicações Android disponibilizadas pela Amazon, o que significa que algumas das aplicações mais populares não estarão disponíveis.

O chefe de produto da Microsoft, Panos Panay, demonstrou a mudança com a aplicação TikTok, que diz ser uma das suas favoritas. "Imaginem gravar e publicar um vídeo do TikTok ou utilizar o Khan Academy Kids, para aprendizagem virtual, diretamente no vosso computador pessoal", explicou.

A Microsoft reformulou a sua loja no Windows com o objetivo de torná-la mais convidativa, e garantiu que os programadores vão poder utilizar as suas próprias plataformas comerciais para evitar pagar quaisquer comissões ao gigante da tecnologia. A mudança surge num momento em que a Apple está debaixo de fogo pela fatia que obtém nas transações efetuadas na App Store, a única porta de entrada de conteúdos nos seus iPhones e outros dispositivos.

Além de simplificar o design do Windows, numa tentativa de tornar a interface do utilizador mais limpa e rápida, a Microsoft integrou-o ainda mais no seu serviço de jogos em cloud da Xbox. O Windows 11 está concebido para potenciar o consumo de videojogos, melhorando os gráficos, de acordo com a apresentação desta tarde.

O sistema operativo continua também a tendência da Microsoft em abrir os seus computadores a dispositivos desenvolvidos por tecnológicas rivais ao mesmo tempo que obtém receitas a partir de serviços ou software alojados na nuvem.

Os integrantes do programa de testes do Windows 11 vão receber e transmitir feedback do sistema operativo à Microsoft nos próximos meses, que antecedem a distribuição ao público da nova versão do sistema operativo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de