Peritos em cibersegurança são chamados mais vezes para prevenir ataques informáticos

Um consultor de gestão, especializado em cibersegurança, fala na TSF sobre a disponibilidade das empresas em prevenirem os novos riscos da sociedade digital.

A perceção de riscos de segurança digital, pelas empresas, varia de setor para setor.

Mas a mensagem de Frederico Macias, partner da Deloitte, que trabalha no aconselhamento de cibersegurança a empresas, é de esperança.

Diz ele que "são mais as ocasiões em que é chamado para prevenir riscos, que aquelas em que é necessário agir depois do problema acontecer".

O conselho que deixa às empresas é o de incorporarem os riscos de segurança informática, na mesma linha em que analisam os riscos cambiais ou outros.

E, quanto a metodologias, Frederico Macias aconselha as empresas a investirem não apenas na tecnologia, mas também nas formas de governo das organizações.

Ou seja, formar os recursos humanos na área digital é um caminho para evitar problemas maiores.

Mas Frederico Macias deixa um alerta: "Não há risco zero, mas os comportamentos adequados servem para mitigar os riscos."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de