Primeiro carro do mundo com painéis solares pode chegar à Europa já em novembro

Os painéis solares serão instalados no teto, capô e porta-bagagens do "Lightyear 0" para que a bateria elétrica seja carregada, tanto em movimento, como quando está parado. Um exemplar deste veículo poderá custar em torno de 250 mil euros.

A empresa neerlandesa Lightyear anunciou que vai começar a fabricar o primeiro carro do mundo equipado com painéis solares este outono. Vai chamar-se "Lightyear 0" (zero) e terá painéis solares curvos no teto, capô e porta-bagagens com o objetivo de recarregar a bateria elétrica enquanto o veículo está em movimento ou estacionado. A primeira entrega na Europa pode acontecer já em novembro.

A empresa diz que o carro poderá atingir cerca de 388 milhas (aproximadamente 624 quilómetros) sem parar para recarregar e terá um alcance adicional de até 44 milhas (cerca de 70 quilómetros) por dia a partir dos painéis solares. Para comparação, é um pouco mais do que um Tesla Model 3 (601 km) e significativamente mais do que o Kia Niro Long Range (458 km).

Cada hora ao sol permitirá adicionar até seis milhas (perto de nove quilómetros) de carga à bateria. O alcance solar fornecerá não só uma alimentação adicional de vários quilómetros para viagens longas, mas também menos tempo em pontos de carregamento. A empresa diz que num local quente como Espanha ou Portugal, se o trajeto diário for inferior a 35 quilómetros, não será necessário carregar o carro durante sete meses. Num clima mais frio, como nos Países Baixos, o carro precisará de ser carregado após dois meses.

O CEO e cofundador da empresa, Lex Hoefsloot, refere, citado pela CNN, que este veículo é capaz de fazer mais com uma bateria menor. "O sistema de propulsão é o mais eficiente do mundo", afirma, acrescentando que o formato aerodinâmico do carro e os motores de quatro rodas permitem que uma bateria menor forneça a mesma autonomia.

Mas o que é que isso significa? "Todo o carro é mais leve", explica Hoefsloot. "Entramos nesse ciclo de feedback positivo onde tudo pode ficar mais leve também. É assim que conseguimos chegar a 1575 kg. Se olharmos para outros carros que oferecem alcance semelhante, todos eles são cerca de 40% mais pesados."

Apesar de todo o conceito do "Lightyear 0" ser baseado em melhorar a eficiência e reduzir o tempo de carregamento, a sua velocidade máxima é de apenas 100 mph (cerca de 160 km/h), atingindo-a em dez segundos.

Estão previstos 946 modelos de lançamento. Um exemplar custará em torno de 250 mil euros. Até 2025, a empresa espera ainda lançar um "modelo popular", provisoriamente chamado de "Lightyear Two", que poderá ser vendido por 31 mil euros.

Há outras empresas que estão a desenvolver carros com painéis solares, mas nenhuma está pronta, neste momento, para chegar ao mercado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de