Redmi Note 9s: o novo rei dos smartphones baratos

A Xiaomi acaba de pôr à venda entre nós o Redmi Note 9S e, nesta categoria de preços, é capaz de ser a proposta mais interessante da atualidade.

Têm um ecrã muito generoso (alguns dirão que é grande demais) e um processador muito competente. Isto, tendo em conta o preço dos novos Redmi Note 9s, smartphones com selo Xiaomi. Podem ser adquiridos em versões de 4GB de memória e 64GB de armazenamento (€200) ou então 6GB RAM e 128GB para os dados (€250).

Está mais do que visto que são equipamentos que apontam ao segmento de entrada, mas mesmo assim serão suficientes para deixar os seus donos satisfeitos por algum tempo.

Com um aspeto bem interessante e uma série de características que jogam a seu favor, como a saída para auscultadores 3.5mm ou a possibilidade de ter dois cartões SIM no telemóvel, o Redmi Note 9s apenas parece tropeçar nas fotografias.

A Xiaomi faz o que pode. Diz que tem quatro sensores. Sublinha que um deles é de 48MP. Pois, mas e os outros? É nos outros que ele fica aquém. A lente ultra grande angular é de 8MP, a lente macro é de 5MP e o sensor restante serve apenas para aplicar o efeito de desfocagem das fotos.

Mas seria possível esperar melhor num telefone de 200 euros? Muito provavelmente não. Por isso mesmo convém olhar para outras características muito animadoras. É o caso do processador Snapdragon 720G, lançado já em 2020 e para o tamanhão da bateria: 5020mAh. Um número que faz com que seja razoável contar com uma autonomia de dois dias de uso.

Nada mau mesmo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de