Saturno "esconde-se" atrás de Júpiter. Saiba como observar o alinhamento dos planetas esta noite

Há quase 400 anos que Saturno e Júpiter não estavam tão próximos. Fenómeno pode ser observado em Portugal Continental.

Saturno e Júpiter vão alinhar-se esta segunda-feira. É um fenómeno que acontece a cada 20 anos, mas os dois planetas já não estavam tão próximos desde 1623.

Máximo Ferreira, diretor do Observatório Astronómico de Constância, explica que, para quem observa a partir da Terra, é como se Saturno se escondesse atrás de Júpiter, mas na realidade os planetas vão estar muito distantes

"Júpiter está a 800 milhões de quilómetros e Saturno a 1500 milhões de quilómetros (...) estão próximos angularmente", explica o astrónomo em declarações à TSF.

"À vista desarmada o ângulo vai ser zero, o que quer dizer que estamos a olhar para Júpiter e não vemos Saturno (...) é apenas uma ilusão".

Há quem apelide a esta sobreposição dos planetas "Estrela de Belém", numa referência ao que terá acontecido na noite do nascimento de Jesus Cristo. Não é bem assim... ressalva Máximo Ferreira.

É possível calcular em que posição no céu estavam os planetas Júpiter e Saturno em qualquer data da história, incluindo o dia em que Jesus nasceu. O problema é que não se sabe ao certo que data é essa, lembra o astrónomo.

A conjunção entre Júpiter e Saturno será visível a sudoeste depois do por do sol, a olho nu, com binóculos ou telescópio, mas só se as condições meteorológicas permitirem.

A hora ideal para o observar o fenómeno será a partir das 18h30 em Portugal continental (menos uma hora nos Açores), sendo que às 19h00, os planetas já estarão a tocar no horizonte e vão desaparecer ao longo da noite.

O Centro Ciência Viva de Constância abre portas a visitantes a partir das 17h30, mas é preciso fazer marcação ligando para o 926 979 346.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de