Telescópio James Webb captura estrela distante rodeada de milhares galáxias

Além de uma estrela pontiaguda, o telescópio espacial James Webb registou milhares de outras galáxias com vários mil milhões de anos. A equipa da Nasa espera que o desempenho ótico do observatório seja capaz de exceder os objetivos científicos para os quais o telescópio foi construído.

O novo telescópio espacial da Nasa, James Webb, capturou a imagem de uma estrela pontiaguda distante, rodeada por milhares de galáxias com vários mil milhões de anos.

De acordo com a Nasa, o objetivo, nesta fase, era apenas "focar uma estrela brilhante no centro" da imagem para avaliar o alinhamento dos 18 espelhos hexagonais do telescópio, mas os equipamentos do James Webb "são tão sensíveis" que algumas galáxias e estrelas distantes também ficaram registadas. Numa nota de imprensa, a agência espacial norte-americana garantiu que o equipamento funcionou melhor do que o esperado: "Os parâmetros óticos que foram verificados e testados estão a funcionar dentro ou acima das expectativas".

Segundo a Associated Press, a imagem de teste da Nasa foi direcionada para uma estrela 100 vezes mais fraca do que aquilo que o olho humano consegue ver, a dois mil anos-luz de distância. A forma dos espelhos do telescópio James Webb e os seus filtros fizeram com que a estrela parecesse mais vermelha e pontiaguda. Contudo, a maior surpresa está no fundo da imagem onde aparecem milhares de outras galáxias à volta da estrela.

As primeiras imagens científicas desta estrela só vão chegar em junho ou julho.

O telescópio James Webb, sucede ao Telescópio Espacial Hubble, descolou da América do Sul em dezembro e alcançou a sua localização final em janeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de