Um pontinho negro à frente do Sol? Saiba como assistir ao trânsito de Mercúrio

Esta segunda-feira, o planeta Mercúrio vai passar em frente ao Sol. Fenómeno não voltará a ser visível na Terra antes de 2032.

Se esta tarde vir um pontinho negro a passar em frente ao Sol, não se admire: é o planeta Mercúrio. O fenómeno do trânsito de Mercúrio, que acontece esta segunda-feira (11 de novembro), vai ser visível em todo o território português, se as condições meteorológicas o permitirem.

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, em Portugal Continental, o fenómeno começa pelas 12h36 e terá uma duração total de cerca de cinco horas (com o ponto máximo a ocorrer próximo das 15h20). O final, contudo, não ser visível, uma vez que o sol se põe logo pelas 17h27. Mais sorte têm as ilhas das regiões autónomas da Madeira e dos Açores, onde o trânsito de Mercúrio vai ser visível por completo.

A passagem de Mercúrio sobre o disco do sol vai ainda poder ser observada (pelo menos, parcialmente) no extremo ocidental da Ásia e Médio Oriente, em toda a Europa, na parte ocidental do Oceano Índico, em toda a África, América do Sul, América do Norte (exceto o Alasca) e Oceano Atlântico, e ainda na maior parte do Oceano Pacífico e Nova Zelândia.

Mas se, para observar o fenómeno astronómico, está a pensar olhar diretamente para o Sol, tire daí a ideia! E saiba que desta vez nem aqueles típicos filtros solares oculares (os chamados "óculos de eclipse") servirão para ver Mercúrio. Uma vez que o Sol é 158 vezes maior do que o diâmetro angular do planeta, Mercúrio só será bem visível com recurso a ampliação ótica, pelo que deve ser observado através de um telescópio equipado com um filtro objetivo solar adequado, alerta o Observatório Astronómico de Lisboa.

Para quem não tem um telescópio à mão, a maneira mais acessível de ver o trânsito de Mercúrio é projetar a imagem do Sol através de binóculos para um cartão branco. "Um segundo cartão com um furo pode ser colocado em frente da ocular, o que melhora o contraste da imagem projetada. A imagem solar no cartão alvo aparecerá branca com o pequeno ponto negro de Mercúrio", explica o Observatório.

O último trânsito de Mercúrio teve lugar em 2016. O fenómeno não voltará a acontecer antes de 2032.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados