United Airlines lança táxis elétricos voadores para passageiros

A companhia aérea norte-americana pretende ter os táxis aéreos no terreno nos próximos cinco anos.

A United Airlines preparar-se para comprar 200 táxis elétricos voadores. O objetivo da companhia aérea norte-americana é usar os táxis voadores para transportar passageiros até aos aeroportos e os veículos deverão estar no terreno dentro de cinco anos.

Em conjunto com a companhia regional Mesa Airlines, a United Airlines vai investir mais de mil milhões de dólares na Archer, a start-up que está a desenvolver os táxis aéreos.

A Archer pretende que o acordo sirva de rampa de projeção para lançar ações no mercado norte-americano, mas antes de o negócio seguir em frente, estes táxis voadores têm de ser aprovados pelas entidades reguladoras norte-americanas.

De acordo com a start-up, os táxis elétricos voadores serão capazes de voar distâncias de 95 quilómetros a uma velocidade de 240 km/hora. Os táxis vão ainda permitir reduzir para metade as emissões de dióxido de carbono que os passageiros causariam numa deslocação normal até ao aeroporto.

"Com a tecnologia certa, podemos restringir o impacto que os meios aéreos têm no planeta, mas temos de identificar a próxima geração de empresas que vão tornar isso real e encontrar formas de as ajudar a descolar", afirmou o diretor executivo da United Airlines, Scott Kirby, num comunicado citado pela BBC News.

A pandemia de Covid-19 obrigou as companhias aéreas a cortar custos, com as restrições à circulação e o encerramento de fronteiras. A United Airlines teve perdas de mais de 7 mil milhões de dólares e precisou de recorrer a ajudas governamentais para evitar os cortes nos trabalhadores, mas está aproveitar o estímulo destes fundos para apostar em equipamentos que reduzam as emissões de carbono.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de