Vodafone foi alvo de ciberataque

A operadora informa que, até ao momento, não existem indícios de que os dados dos clientes tenham sido acedidos ou comprometidos. Após as falhas registadas na noite de segunda-feira, já foram "recuperados os serviços de voz móvel" e os serviços de dados móveis já "estão disponíveis exclusivamente na rede 3G em quase todo o país".

A Vodafone foi alvo de um ciberataque "deliberado e malicioso" que provocou "danos e perturbações" no serviço de telecomunicações, anunciou a operadora esta terça-feira.

"A Vodafone foi alvo de uma disrupção na sua rede, iniciada na noite de 7 de fevereiro de 2022 devido a um ciberataque deliberado e malicioso com o objetivo de causar danos e perturbações. Assim que foi detetado o primeiro sinal de um problema na rede, a Vodafone agiu de forma imediata para identificar e conter os efeitos e repor os serviços. Esta situação está a afetar a prestação de serviços baseados em redes de dados, nomeadamente rede 4G/5G, serviços fixos de voz, televisão, SMS e serviços de atendimento voz/digital", pode ler-se na nota enviada às redações, que sublinha que, neste momento, "não existem indícios de que os dados de clientes tenham sido acedidos e/ou comprometidos".

A operadora de telecomunicações adiantou que já foram "recuperados os serviços de voz móvel" e "os serviços de dados móveis estão disponíveis exclusivamente na rede 3G em quase todo o país".

"Infelizmente, a dimensão e gravidade do ato criminoso a que fomos sujeitos implica para todos os demais serviços um cuidadoso e prolongado trabalho de recuperação que envolve múltiplas equipas nacionais, internacionais e parceiros externos. Essa recuperação irá acontecer progressivamente ao longo desta terça-feira", acrescentou.

A Vodafone informou também que a investigação "aprofundada" vai ser "prolongada por tempo indeterminado" e contará com o envolvimento "das autoridades competentes".

"A Vodafone continua absolutamente determinada em repor a normalidade dos serviços no menor tempo possível e lamenta profundamente os transtornos causados aos nossos Clientes", assinalou a operadora, garantindo que vai continuar a atualizar informações sobre o estado do serviço "à medida que a situação progrida".

A Vodafone registou, na noite de segunda-feira, problemas técnicos, com os clientes a não conseguirem ter acesso aos serviços de telefone e rede de Internet, segundo o portal que controla os problemas e falhas de serviços 'online', Downdetector.

Os problemas começaram a ser sentidos sensivelmente desde as 21h00.

O portal Downdetector registou o pico de notificações (7727) pelas 22h05, sendo Lisboa, Porto, Vila Nova de Gaia, Amadora, Coimbra, Braga, Rio Tinto, Santo Tirso, Maia os locais com mais problemas registados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de