PM guineense levado para «destino desconhecido», diz esposa

Salomé Gomes explicou à agência AFP que o seu marido foi levado a bordo de uma carrinha pick-up «para destino desconhecido».

A mulher do primeiro-ministro da Guiné-Bissau confirmou, em declarações à AFP, que o seu marido foi detido por militares na quinta-feira e levado para «destino desconhecido».

«Meteram-no numa carrinha pick-up, que partiu rapidamente para destino desconhecido», afirmou Salomé Gomes, que aludiu a vestígios de projéteis.

A esposa de Carlos Gomes Júnior fez estas declarações nmo momento em que regressava à sua casa que foi incendiada na quinta-feira para recuperar os seus pertences.

O ataque à casa do primeiro-ministro guineense aconteceu a poucos dias da realização da segunda voltas das presidenciais guineenses, que opõem Carlos Gomes Júnior a Kumba Iálá, que anunciou que não vai concorrer a este ato eleitoral.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de