Língua Portuguesa

Português tornou-se 3ª língua oficial da Guiné-Equatorial

O Presidente da Guiné-Equatorial promulgou hoje o decreto que estabelece o português como 3ª língua oficial do país, um dos requisitos exigidos para poder integrar a CPLP.

O decreto assinado, esta terça-feira, pelo Presidente Teodoro Obiang, no poder desde 1979, clarifica que as línguas oficiais da Guiné-Equatorial, que nos últimos meses tem intensificado os seus esforços diplomáticos para aderir à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) como membro de pleno direito, «são o espanhol, o francês e o português».

O diploma presidencial, que vem na sequência da aprovação em Abril passado pelo Parlamento daquele país, explica que a «inclusão do português como língua oficial no país contribuirá positivamente para aumentar a cooperação no contexto afro-ibérico e luso-hispânico de nações».

A adesão da Guiné Equatorial à CPLP é um dos temas que deverá ser abordado na cimeira da organização, no dia 23 dm Luanda.