Brexit: Escócia e Irlanda do Norte queriam ficar. E já dão sinais de afastamento

Escócia e Irlanda do Norte queriam ficar. PM escocesa vê o seu futuro como "parte da União Europeia". Sinn Féin defende unificação com a República da Irlanda.

A saída do Reino Unido da União Europeia ganhou em Inglaterra e no País de Gales e perdeu na Escócia e na Irlanda do Norte, indicam os resultados, hoje divulgados, do referendo de quinta-feira.

Segundo os resultados finais, o 'brexit' conquistou 51,9% dos votos contra 48,1% dos defensores da permanência do Reino Unido no referendo, que teve uma taxa de participação de 72%.

De acordo com dados publicados no portal do jornal The Telegraph, o próprio Reino Unido dividiu-se: o 'brexit' venceu em Inglaterra (53,2%) e no País do Gales (51,7%), enquanto na Escócia (62%) e na Irlanda do Norte (55,7%) a maioria votou a favor da permanência no bloco.

A Escócia vê o seu futuro como "parte da União Europeia", disse hoje a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, após resultados preliminares indicarem uma vitória da saída do Reino Unido da União Europeia no referendo de quinta-feira.

Sturgeon já tinha indicado que, caso fosse este o resultado, tal poderia precipitar um novo referendo sobre a independência da Escócia.

"A Escócia vê o seu futuro como parte da UE. A Escócia votou de forma clara e decisiva para permanecer como parte da União Europeia, 62 contra 38 por cento", afirmou a primeira-ministra, em declarações à BBC.

Pelas 05:50, quando faltava apurar o resultado de 17 colégios eleitorais (num universo de 382), o campo a favor da saída do bloco europeu ('brexit') contava com 52% dos votos e o de apoio à permanência tinha 48%.

Irlanda: Sinn Féin quer reunificação com Irlanda do Norte

O partido Sinn Féin defendeu hoje uma votação na Irlanda do Norte sobre a unificação com a República da Irlanda, depois de o país, que integra o Reino Unido, ter votado pela permanência na União Europeia no referendo de quinta-feira.

"Temos uma situação em que o Norte vai ser arrastado para fora [da União Europeia] devido a uma votação em Inglaterra (...). O Sinn Féin vai fortalecer o seu pedido, sua exigência de longa data, para uma votação sobre a fronteira", afirmou Declan Kearney, presidente do partido, antigo braço político do IRA, após os resultados do referendo indicarem que o Reino Unido votou a favor da saída do bloco europeu.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair da União Europeia no referendo de quinta-feira, indicam os dados conhecidos até agora, quando faltam apurar quatro círculos eleitorais que já não podem mudar o resultado.

Nos 378 círculos já apurados, os partidários do abandono da UE conquistaram 51,8% dos votos.

Os defensores da permanência do Reino Unido na União Europeia representaram 48,2% dos votos expressos.

A participação no referendo foi de 72,2% dos 46,5 milhões de eleitores inscritos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados