EUA 2016

Obama dá conta de reunião "excelente" com Donald Trump

O presidente cessante e o presidente eleito realizaram esta quinta-feira a primeira reunião de trabalho do processo de transição da presidência dos Estados Unidos.

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que o encontro que manteve esta quinta-feira na Casa Branca com o Presidente-eleito Donald Trump foi "excelente" e que os dois tiveram uma conversa "abrangente".

Obama reuniu-se com Trump na Sala Oval, o gabinete de trabalho dos presidentes dos Estados Unidos, durante mais de uma hora para discutirem a transição entre as duas presidências.

O presidente em exercício disse estar animado com a vontade de Trump de colaborar com a sua equipa e afirmou ser importante que "todos se unam" no momento atual do país.

Os dois presidentes falaram sobre questões relacionadas com política externa e interna e ainda questões organizacionais na Casa Branca, segundo Barack Obama.

O presidente cessante voltou a lembra o desejo de que o processo de transição seja feito de forma pacífica. Por seu turno, Donald Trump disse que "impaciente para trabalhar com o Presidente" Obama.

Trump tomará posse como 45.º Presidente dos Estados Unidos em 20 de janeiro de 2017.

Trump com agenda preenchida

Depois da reunião com Barack Obama, o presidente eleito, Donald Trump, vai reunir-se com o líder da Câmara dos Representantes, o republicano Paul Ryan, no Capitol Hill Club.

Durante a campanha, a relação entre Trump e Ryan degradou-se, em particular na sequência da falta de apoio do líder da câmara baixa do congresso à campanha eleitoral do multimilionário.

Ainda assim, conhecido o resultado eleitoral, Paul Ryan não deixou de afirmar: "Estamos ansiosos por trabalhar com a nova Administração, para avançar com medidas que melhorem a vida dos americanos".

Além de Paul Ryan, no Capitol Hill Club, Trump encontra-se ainda com o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell.

  COMENTÁRIOS