França põe a hipótese de suspender o acordo de Schengen

A França está a reflectir sobre a possibilidade de uma suspensão provisória do acordo de Schengen, devido ao fluxo de refugiados vindos do norte de África, através de Itália, fez saber o Eliseu.

No início da semana, os franceses interromperam, durante várias horas, a entrada de comboios vindos de Itália depois de uma consulta aos organismos europeus, deixando os italianos irados.

Agora, os franceses querem suspender a livre circulação nas fronteiras, para desenhar um sistema que seja mais eficaz.

Este processo de imigração é um dos pontos mais sensíveis da cimeira franco-italiana que terá lugar terça-feira em Roma e que contará com o chefe do governo italiano, Silvio Berlusconi, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de