Tratado Lisboa

UE espera por soluções da Irlanda até Outubro

Os líderes europeus decidiram, esta quinta-feira, dar tempo à Irlanda de apresentar soluções para a crise desencadeada com o “não” irlandês ao Tratado de Lisboa até à cimeira de Outubro. No entanto, Dublin fez saber que até lá poderá não ter respostas.

Os líderes europeus concordaram, no Conselho Europeu desta quinta-feira, dar tempo à Irlanda para digerir a vitória do “não” no referendo ao Tratado de Lisboa, depois do primeiro-ministro irlandês ter dito que era demasiado cedo para sugerir uma alternativa.

PUB

O acordo foi conseguido depois das primeiras reacções a quente, com os outros 26 Estados-membros a atribuir a Dublin a responsabilidade de encontrar uma saída para a crise.

Também o presidente do Parlamento Europeu, Hans-Gert Poettering apelou para que seja encontrada uma solução na próxima cimeira da UE, em Outubro, já que uma solução tomada nessa altura ainda estará a tempo das eleições europeias de 2009.

No entanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros de Dublin fez saber que a Irlanda não vai estar em condições de apresentar na cimeira de Outubro propostas para sair da crise.

«Vamos apresentar um relatório parcial na cimeira de Outubro, mas não pensamos que haverá já soluções sobre a mesa nessa altura», declarou Micheal Martin.

O ministro irlandês sublinhou que o país «precisa de mais tempo para analisar os resultados» do referendo e «os sentimentos subjacentes em relação à União Europeia» antes de decidir o que fazer em relação ao Tratado.

Notícias Relacionadas