Ex-primeiro-ministro da Escócia foi detido. Estava sob investigação por assédio sexual

Duas ex-trabalhadoras do Governo da Escócia acusam Alex Salmond de as ter assediado sexualmente. O antigo governante, de 64 anos, nega ter cometido qualquer crime.

O ex-primeiro-ministro da Escócia, Alex Salmond, foi detido, na última noite, adianta a imprensa britânica. O antigo governante estava sob investigação, depois de duas mulheres o terem acusado de assédio sexual.

"Podemos confirmar que um homem de 64 anos foi preso e acusado", referiu a polícia escocesa, acrescentando que "o processo está agora sob a alçada do tribunal", mas sem adiantar o nome do detido nem os crimes de que estava acusado.

De acordo com o jornal britânico The Guardian , Alex Salmond foi acusado de ter assediado sexualmente duas mulheres que trabalhavam para o Governo escocês, há vários anos. As denúncias vieram a público em agosto de 2018, mas o antigo primeiro-ministro escocês tem negado as acusações.

No início do mês, Salmond ganhou um processo contra o Governo do país, depois dos serviços civis admitirem que a investigação às duas denúncias de assédio fora mal conduzida. O ex-governante conseguiu provar que uma das responsáveis pela investigação, Judith MacKinnon, já conhecia e aconselhara as alegas vítimas antes destas terem apresentado queixa.

Alex Salmond liderou o Governo da Escócia entre 2007 e 2014, e é visto como um grande apoiante da independência da Escócia do Reino Unido.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados