Árvores de Natal naturais entregues pelo correio? É pedir à Amazon

Há poucas coisas impossíveis de receber pelo correio nos Estados Unidos. Uma árvore verdadeira não é uma delas.

Os norte-americanos de todos os estados podem este ano receber árvores autênticas e com até dois metros pelo correio.

Depois de um pequeno teste em 2017, a Amazon decidiu alargar a venda árvores de natal naturais e o stock já está esgotado.

E sim, são pinheiros. Sem lugar a diminutivo. No ano passado, na primeira experiência, as maiores árvores não chegavam a ter um metro de altura, mas este ano ultrapassam os dois.

Como é que se envia uma árvore de Natal enorme de um ponto da América para o outro a milhares de quilómetros de distância? Num enorme caixote sem água, nem terra. Ainda assim a Amazon garante que do abate à entrega não passam muitos dias, por isso o pinheiro chega em condições.

A maior árvore à venda, um Abeto de Fraser da Carolina do Norte com mais de dois metros custa 115 dólares (cerca de cem euros). Um pinheiro da Ilha de Norfolk fica mais em conta. A entrega é gratuita.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de