Entrevista TSF

Amnistia Internacional condena comportamento do Governo português face à Turquia

Diretor executivo da Amnistia Internacional defende que o ministro dos Negócios Estrangeiros devia ter uma diplomacia "mais musculada".

O diretor executivo da Amnistia Internacional (AI) critica a atuação do Governo português no que diz respeito aos ataques à liberdade de informação na Turquia.

Em entrevista à TSF, Pedro Neto considera que o ministro dos Negócios Estrangeiros devia ter uma diplomacia menos suave e "mais musculada" nesta matéria.

Esta quinta-feira, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, passam dois anos desde que Pedro Neto assumiu o cargo. Quando foi nomeado diretor executivo da secção portuguesa da Amnistia Internacional, Pedro Neto era treinador de futebol da equipa de juniores do Beira-mar.

  COMENTÁRIOS