Está decidido. Espanha vai exumar restos mortais do ditador Franco a 10 de junho

O corpo de Francisco Franco deixará de estar no Vale dos Caídos e será reenterrado no panteão familiar do cemitério de Mingorrubio El Pardo.

Os restos mortais dos antigo ditador espanhol, Francisco Franco, vão ser exumados do Vale dos Caídos a 10 de junho. O anúncio foi feito esta sexta-feira, pela vice-primeira-ministra da Espanha, Carmen Calvo.

"O Executivo decidiu exumar os restos mortais do ditador e reenterrá-los no panteão familiar no cemitério de Mingorrubio El Pardo a 10 de junho", anunciou a governante, em conferência de imprensa.

O cemitério de Mingorrubio El Pardo é um panteão familiar, situado a 15 quilómetros do centro de Madrid, onde está já sepultada, desde 1988, a mulher de Francisco Franco, Carmen Polo Martínez-Valdés.

O Vale dos Caídos, local onde Franco pretendia passar a eternidade, fora construído pelos milhares de presos que lutaram contra o regime do ditador. No local estão os restos mortais de cerca de 36 mil combatentes da Guerra Civil Espanhola (que aconteceu de 1936 a 1939), que recolhidos sem o consentimento prévio dos familiares.

Para que o monumento deixasse de ser "um lugar de lembranças franquistas e católicas", foi aprovada, há dois anos, uma proposta do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) para que o corpo de Franco fosse retirado do local, e, em vez disso, fossem colocadas placas em memória das vítimas da ditadura.

Continuar a ler