Homem com discurso contra imigrantes atropela grupo de peões na Alemanha

Autoridades acreditam que o atropelamento terá sido um ataque contra imigrantes.

Um homem atropelou um grupo de peões, ferindo quatro pessoas, na cidade alemã de Bottrop, na noite de terça-feira, no que aparenta ter sido um ataque contra imigrantes, informou este domingo a polícia local.

"As autoridades estimam que tenha sido um ataque dirigido, motivado pela hostilidade do condutor contra estrangeiros", indicaram as instituições judiciais e policiais de Essen, responsáveis pela investigação.

Segundo as mesmas fontes, o atacante sofrerá de perturbações mentais.

O ministro do Interior da região da Renânia do Norte-Vestefália, Herbert Reul, confirmou que o atacante tinha "a intenção clara de matar estrangeiros".

O homem de 50 anos tentou atropelar um peão, que conseguiu escapar, antes de, um pouco mais à frente, embater contra um grupo de pessoas, na maioria estrangeiras, que se preparavam para assinalar a entrada no Novo Ano, lançando fogo de artifício na rua, como é tradição na Alemanha.

Quatro pessoas ficaram feridas, algumas gravemente, entre as quais cidadãos sírios e afegãos, segundo a polícia.

Antes de ser detido pela polícia, o condutor voltou a atacar, de novo com palavras hostis aos estrangeiros, na cidade vizinha de Essen.

Continuar a ler