EUA

Incêndios na Califórnia já mataram 11 pessoas. Paradise está "devastada"

Autoridades revelaram que número de mortos voltou a subir, depois de terem sido encontradas mortas duas pessoas este sábado.

Os dois corpos foram encontrados numa zona pouco povoada da estrada Mulholland, segundo a polícia de Los Angeles, que não avançou mais pormenores.

O balanço das vítimas mortais aumentou, assim, para 11 no estado da Califórnia devido aos incêndios registados nos últimos dias, depois das noves pessoas encontradas mortas num incêndio no norte da região.

Cidade 'Paraíso' chora destruição

Paradise é uma das cidades mais afetadas pelo incêndio que tem sido devastador. O local perdeu cerca de 80% dos edifícios, milhares de casas e edifícios arderam e o centro está devastado. Jody Jones, presidente da câmara local, diz em declarações à ABC que "a cidade está devastada".

A cidade tem 260 mil habitantes, situa-se no condado de Butte, e as imagens mostram uma destruição praticamente total..

Bombeiros falam em condições de fogo nunca vistas

Os bombeiros salvaram milhares de casas, apesar de trabalharem em "condições de fogo extremas e duras que disseram nunca ter visto nas suas vidas", afirmou o chefe dos bombeiros do condado de Los Angeles, Daryl Osby.

Com as condições mais calmas, os bombeiros conseguiram conter as chamas que se tinham propagado por 282 quilómetros quadrados e fazer uma avaliação prévia dos danos dos últimos dois dias.

Osby relatou as "significativas" perdas nas residências, sem contabilizar o número afetado.

As autoridades tinham referido anteriormente que 150 casas foram destruídas e que esse número iria aumentar.

Cerca de 250 mil casas estão sob ordens de evacuação em toda a região, o que aconteceu a celebridades, em Malibu, como Lady Gaga, Kim Kardashian West, Guillermo del Toro e Martin Sheen.

As chamas também se propagaram por casas mais modestas em colinas e desfiladeiros, chegando ao vale de San Fernando, em Los Angeles, e a subúrbios como Thousand Oaks, uma cidade de 130 mil pessoas, onde há poucos dias 12 pessoas morreram num tiroteio num bar de música country.

  COMENTÁRIOS