Jerusalém

Irão diz que decisão de Trump pode provocar "uma nova intifada"

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Irão "fala em provocação e numa decisão sem sentido".

O Irão condenou a decisão do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, advertindo que isso pode provocar uma "nova intifada" ou uma revolta palestiniana.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros referiu, em comunicado, que é uma "provocação e uma decisão sem sentido dos Estados Unidos, que provocará uma nova intifada e impulsionará um comportamento mais radical, mais raiva e violência".


  COMENTÁRIOS