Internacional

Bolsonaro inicia visita "estratégica" aos EUA

O programa da visita contempla a assinatura de acordos nas áreas da energia, segurança e defesa nacional. Terça-feira, o Presidente do Brasil encontrar-se com o Donald Trump.

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, inicia este domingo uma viagem oficial aos Estados Unidos da América, naquela que é a sua primeira visita bilateral ao exterior enquanto chefe de Estado, considerada pelo próprio como "estratégica".

PUB

De acordo com a agenda avançada pelo porta-voz da Presidência, Otávio do Rego Barros, Bolsonaro partiu para Washington, pelas 08h00 (hora local, 11h00 em Lisboa), com chegada prevista para as 16h00 (19h00 em Lisboa).

Ainda este domingo o governante do país sul-americano terá um jantar com autoridades e líderes de opinião na residência do embaixador do Brasil em Washington.

Bolsonaro ficará hospedado na Casa Blair, a residência oficial dos convidados do Governo dos EUA, localizada na ala oeste da Casa Branca.

Na segunda-feira, 18 de março, o chefe de Estado participará num fórum de investimentos e noutro sobre "o futuro da economia brasileira", organizado pelo Comité Empresarial Brasil-Estados Unidos, além de se encontrar com o ex-secretário do Tesouro norte-americano Henry Merritt Paulson.

Bolsonaro encontrar-se-á com o Presidente norte-americano, Donald Trump, na terça-feira, numa reunião privada com Trump na Sala Oval da Casa Branca. Os dois líderes terão um almoço de trabalho e uma reunião prolongada com os ministros dos dois países e darão uma conferência de imprensa na Casa Branca.

Em Washington, Bolsonaro pretende assinar acordos na área da energia, segurança e defesa nacional, assim como salvaguardas tecnológicas, para permitir que os Estados Unidos utilizem a base brasileira de Alcântara para lançar foguetes espaciais.

A Casa Branca adianta que a ajuda humanitária à Venezuela também é um tema a ser discutido durante a visita de Bolsonaro. A garantia foi dada pelo Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, em entrevista à Blobo News.

  COMENTÁRIOS