Crónica Acontece no Brasil

Motorista de camião preso por causa de erro ortográfico

Motorista de camião entregou fatura onde constava erro de português e alertou as autoridades

Os criminosos até podiam ter enganado a polícia federal, quando foram parados na movimentada Rodovia Régis Bittencourt, numa operação de rotina, a meio caminho entre Cascavel, no estado do Paraná, onde haviam carregado umas toneladas de frango congelado, e Vila Velha, no estado do Espírito Santo, onde ela devia ser entregue.

A carga era mesmo de frango, o motorista, tranquilíssimo da vida, cumpriu todos os procedimentos necessários e habituais e entregou corretamente a papelada em causa, antes de ligar os motores do camião para completar a viagem.

Eis quando os representantes da receita federal, o fisco brasileiro, disseram "alto". A fatura em causa era aparentemente oficial, exceto num detalhe: no recibo, em vez do correto "dorso", com s, estava escrito um errado "dorço", com c de cedilha. Dorsos de frango, entenda-se.

Os polícias federais entraram novamente em ação e no meio das pernas, das asas, dos peitos e dos dorsos de frango encontraram nada menos do que uma tonelada de maconha (canábis).

Pressionado, o motorista, de 31 anos, confessou que carregou tanto o frango como a maconha em Cascavel em troca de cerca de quatro mil euros (mil pela ave e três mil pela droga), pagos pelos criadores e pelos traficantes.

O que parecia o crime perfeito, foi descoberto graças a um erro de português na fatura falsa.

*

  COMENTÁRIOS