Internacional

A Nova Zelândia ia mudar de bandeira, lembra-se? Já não vai

Depois de um longo processo de referendo, os neozelandeses decidiram manter a bandeira atual.

Está decidido: a bandeira da Nova Zelândia não vai mudar. Os primeiros resultados do referendo mostram que 56,6% dos eleitores estão contra a mudança. A proposta alternativa, desenhada por Kyle Lockwood, teve 43,2% dos votos.

O processo para alteração do símbolo nacional do país começou em março de 2014. Em causa, o facto da bandeira neozelandesa ser demasiado parecida à da Austrália e só faz referência ao legado histórico, numa marca do colonialismo imperial.

A consulta popular aconteceu em duas fases. Foram apresentadas várias propostas e destas escolheram 40. Depois foram apuradas cinco opções finais. Em dezembro do ano passado, os neozelandeses escolheram a possível alternativa à bandeira atual. A Silver Fern trocava o símbolo britânico por uma faixa preta e por uma folha de uma planta tradicional do país.

Agora, foram chamados a dizer se queriam mudar ou não. A maioria quis manter a bandeira antiga.