Mulher condenada a prisão perpétua por matar homem que a violava vai ser libertada

Aos 16 anos, Cyntoia Brown matou o homem que a comprou como escrava sexual e foi condenada a prisão perpétua. Quinze anos depois vai sair em liberdade.

O governador do Tennessee, Estados Unidos, concedeu o pedido de clemência a Cyntoia Brown, a mulher que aos 16 anos matou um homem e foi condenada a passar a vida na prisão.

O caso remonta a 2004 mas voltou ao debate público no final de 2018 depois de celebridades como a cantora Rihanna e a socialite Kim Kardashian terem apelado à sua libertação nas redes sociais. Com a hashtag #FreeCyntoiaBrown milhares de pessoas juntaram-se ao movimento.

O Supremo Tribunal do Tennessee decretou que a norte-americana tinha de passar pelo menos 51 anos na prisão antes de ser elegível para liberdade condicional, mas o governador Bill Haslam, considerou a pena "demasiado severa, em especial à luz dos passos extraordinários dados pela senhora Brown para reconstruir a sua vida".

"A transformação deve ser acompanhada de esperança", disse o governador do Tennessee, citado pela Reuters.

Cyntoia Brown, agora com 30 anos anos, sairá da prisão no dia 7 de agosto, após cumprir 15 anos da sentença. Ficará em liberdade condicional até 2029.

O homem que Cyntoia Brown matou, segundo conta a mesma, comprou-a como escrava sexual. Johnny Mitchell, de 43 anos levou a adolescente para sua casa, onde a obrigava-a a fazer sexo contra a sua vontade.

A jovem de 16 anos encontrara uma arma na casa de Johnny Mitchell, guardou-a na mala e foi com esta pistola que, um dia, matou o seu agressor.

Cyntoia confessou o homicídio de imediato após a detenção mas enquadra-o num contexto de anos sucessivos de violações e agressões.

Os procuradores não acreditam nesta versão da história porque depois de abater o homem a tiro Cyntoia tirou-lhe a carteira. Defenderam por isso que se tratou de um roubo, não de um caso de autodefesa.

O caso sempre dividiu a opinião pública e em 2014 inspirou um documentário:

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de