Os "valentes" andaluzes querem levar o VOX a toda a Espanha

Líder do partido acusa Pedro Sánchez e os socialistas de serem os responsáveis por muitos dos males de Espanha.

Os pedidos do speaker do VOX para que as pessoas se sentassem era feito em vão. Lá fora, no exterior do Palácio de Congressos de Sevilha eram centenas aqueles que ainda esperavam para entrar no comício do partido.

Lá dentro, o cenário já era de festa: agitavam-se enormes bandeiras com as cores nacionais e os apoiantes diziam estar de corpo e alma com o líder, Santiago Abascal.

O discurso era de otimismo e a reconquista, diziam eles, começou na Andaluzia, onde o VOX conseguiu eleger 12 deputados para o Parlamento.

"Nós, na Andaluzia, somos os valentes, os primeiros. Eram muito poucos os que acreditavam nesta festa histórica, mas agora contagiou toda a Espanha. Vai acontecer algo de muito, muito grande", defendia uma militante do partido, parte da onda que os apoiantes querem ver crescer por toda a Espanha.

Santiago Abascal foi recebido em apoteose pelas mais de quatro mil pessoas presentes no comício e, com um discurso inflamado, condenou a imigração, os ideais feministas e defendeu o uso de armas, chegando mesmo a criticar o Partido Popular, a quem chamou de direita cobarde.

"Não nos vamos acomodar às distorções da 'direitazinha' cobarde, que começou a dizer que queremos armar as pessoas que andam pelas ruas. Ou as distorções do 'cata-vento' laranja [Ciudadanos] que teve menos escrúpulos e disseram que o VOX propõe tiroteios nos colégios. Não. O que propomos é que os espanhóis, nas suas casas, não tenham apenas o direito, mas sim o dever, de se defenderem a si e às suas famílias", atirou Abascal.

Para o líder da extrema direita espanhola, há um alvo a abater no próximo domingo: Pedro Sánchez e o governo socialista, responsável por todos os males.

"Foi responsável pela corrupção, nos anos 80, em Espanha. Foi responsável pelos crimes de Estado. Foi responsável por negociar sistematicamente com os terroristas da ETA. E foi responsável por nos rendermos à Catalunha, negociando com o separatismo", defendeu.

Com casa cheia, numa região onde conseguiu ajudar a destronar os socialistas, o VOX acredita que vai conseguir fazer o mesmo em toda a Espanha.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de