Cuba

Papa Francisco reza por Fidel Castro

Numa mensagem dirigida a Raúl Castro, irmão de Fidel, o papa Francisco expressou sentimentos de pesar à família de Fidel e ao povo cubano.

O papa Francisco manifestou hoje pesar pela morte do líder cubano Fidel Castro e, num telegrama dirigido ao seu irmão Raúl, que o sucedeu na presidência de Cuba, disse que vai rezar pelo seu descanso.

"Ao receber a triste notícia do falecimento do seu querido irmão, o excelentíssimo senhor Fidel Alejandro Castro Ruz, ex-presidente do Conselho de Estado e do governo da República de Cuba, expresso os meus sentimentos de pesar", afirma o papa.

No telegrama, Jorge Bergoglio estende os seus pêsames aos restantes familiares do líder histórico cubano, assim como ao governo e ao povo "dessa amada nação".

"Ao mesmo tempo, ofereço preces ao Senhor pelo seu descanso e confio a todo o povo cubano a materna intervenção de Nuestra Señora de la Caridad del Cobre, padroeira desse país", acrescentou o papa Francisco.

O papa Francisco e Fidel Castro encontraram-se em 2015. Castro, um assumido ateísta, foi batizado e educado em escolas dirigidas pelos Jesuítas, a ordem religiosa à qual também pertence o papa Francisco.

  COMENTÁRIOS