Pelo menos sete feridos em Israel após disparos vindos de Gaza

As sirenes de ataque aéreo acordaram, esta manhã, os moradores da área residencial de Sharon, em Israel, seguindo-se o som de uma explosão.

Pelo menos sete pessoas ficaram feridas, esta segunda-feira, na região central de Israel na sequência de disparos de granadas de morteiro provenientes da Faixa de Gaza, informaram autoridades israelitas, citadas pela agência Associated Press (AP).

De acordo com a polícia local, os disparos atingiram uma casa na comunidade de Mishmeret, a norte da cidade de Kfar Saba, provocando um incêndio e destruindo a habitação. Sete pessoas ficaram com ferimentos ligeiros.

Os militares israelitas disseram ter identificado a origem do ataque, que não foi ainda reivindicado, a partir do enclave.

Este ataque aconteceu uma semana depois do exército israelita ter atacado uma centena de alvos do movimento radical palestiniano Hamas, na Faixa de Gaza, em resposta a disparos de granadas de morteiro provenientes do enclave palestiniano em direção a Telavive.

Ao mesmo tempo, surge num momento sensível para ambos os lados: Israel é palco de eleições nacionais, em menos de um mês. Em Gaza, o Hamas, que controla o território, tem sido alvo de críticas públicas devido às condições ali vividas.

(Notícia atualizadas às 16h50 do dia 25 de março, com número de feridos)

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de