União Europeia

Peste suína que atingiu China e Europa do Leste já chegou à Bélgica

União Europeia tem uma equipa de especialistas a coordenar o combate à doença.

A peste suína africana que atingiu a China e a Europa de Leste chegou agora à Bélgica, tratando-se do primeiro caso da doença no país desde 1985.

A agência de segurança alimentar em Bruxelas confirmou que a peste suína foi detetada numa região próxima da fronteira com França, depois de a morte de vários javalis ter levantado suspeitas sobre o vírus. As suspeitas acabaram por ser confirmadas através de análises.

A peste suína africana é uma doença que não tem cura e é altamente contagiosa entre os animais.

As notícias levaram França a reagir e a reforçar a vigilância em quatro departamentos administrativos junto à fronteira entre os dois países e a adotar medidas adicionais para proteger as explorações de suínos e matadouros.

A União Europeia vai enviar já este fim de semana uma equipa de especialistas para coordenar o combate à doença e para prevenir que a peste suína se alastre.

A propagação do vírus já levou ao abate de centenas de milhares de porcos na Europa de Leste.

  COMENTÁRIOS