Rússia

Rússia: Identidade da bombista suicida revelada (vídeos)

Oksana Aslanova é o nome da mulher que provocou hoje a morte de 14 pessoas num atentado suicida na estação de comboios de Volgogrado. A identidade foi revelada pela polícia do Daguestão.

Natural da República russa do Daguestão, Oksana Aslanova era duas vezes viúva de militantes independentistas islâmicos, ambos mortos durante ações de guerrilha por forças de segurança russas.

Oksana Aslanova era uma amiga próxima de uma outra bombista suicida, responsável por um atentado em outubro, num autocarro em Volgogrado, que provocou seis mortos.

Esta manhã, Oksana Aslanova entrou na estação de Volgograd-1, carregada de explosivos e de pedaços de metal. Quando um polícia se aproximou, junto aos detetores de metais da estação, Oksana fez-se explodir.

O impacto da explosão,é visível pelo estremecimento de todo o edifício, num vídeo captado por uma câmara de segurança, onde é também visível uma gigantesca bola de fogo dentro da estação.

Os primeiros socorros às vitimas foram prestados pelos taxistas parados à porta do edifício. Morreram 14 pessoas e 34 ficaram feridas, oito continuam em estado grave. 20 feridos foram transferidos de avião para Moscovo.

Por causa do atentado, e a pouco mais de um mês do início dos Jogos Olímpicos de Inverno, na Rússia, o presidente Vladimir Putin ordenou um reforço de segurança em estações de comboio e aeroportos em todo o país.

Volgogrado é uma cidade de um milhão de habitantes. Nos tempos da união soviética, foi chamada de Estalinegrado.