estados unidos

Identificado atirador que matou 12 pessoas na Califórnia

O atirador, de 29 anos e ex-marine, é um dos mortos registados. As autoridades estão a pedir aos cidadãos que evitem a zona.

As autoridades norte-americanas identificaram o atirador e a arma que utilizou para matar 12 pessoas num bar do sul da Califórnia, anunciou esta quinta-feira fonte policial.

O responsável policial referiu à agência noticiosa Associated Press que o homem, Ian Long, que também morreu no local, tinha 29 anos e utilizou uma pistola de calibre 45 quando abriu fogo no interior do Borderline Bar & Grill na noite de quarta-feira em Thousand Oak, a norte de Los Angeles. Sabe-se também que o atirador é um ex-marine.

O mesmo responsável, que falou sob anonimato, recusou fornecer mais detalhes.

As autoridades norte-americanas confirmaram que há pelo menos 12 mortos e mais de 12 feridos, na sequência de um tiroteio num bar em Thousand Oaks, no estado norte-americano da Califórnia. O suspeito do ataque é um dos mortos confirmados.

De acordo com a Associated Press, o tiroteio aconteceu na noite desta quarta-feira, no Borderline Bar & Grill, quando decorria uma festa universitária.

Uma das vítimas mortais é Ron Helus, um dos primeiros agentes da autoridade a chegar ao local, que foi atingido por disparos, acabando por morrer já no hospital.

Os clientes que se encontravam dentro do bar esconderam-se debaixo das mesas e dentro das casas de banho do estabelecimento, segundo relatos ao Daily Mirror.

Há testemunhos que indicam que múltiplos tiros terão sido disparados.

Foi chamado o corpo policial de inativação de explosivos e também as equipas de emergência se encontram no local.

  COMENTÁRIOS