Interpol: "Brexit é uma séria ameaça à segurança do Reino Unido"

A Organização Internacional de Polícia Criminal acredita que se as autoridades britânicas deixarem de ter apoio externo em matéria de segurança o país ficará mais vulnerável.

O Reino Unido vai decidir a 23 de junho, em referendo, se o país permanece ou não na União Europeia. Para o diretor da Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal, o corte com a União Europeia representa um grande risco em termos de segurança para o Reino Unido.

"Se colocarmos em risco uma parte da cooperação e partilha de informação entre as polícias internacionais, de quem o Reino Unido depende, há um claro potencial para consequências", afirmou Rob Wainwright à Reuters.

O britânico que dirige a Interpol prosseguiu com o seu raciocínio, explicando que, "dando como certo que a União Europeia providencia uma parte importante da nossa segurança [Reino Unido], é preciso debater como vamos mitigar essa perda de potencial, que limitará as nossas funções".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de