Lula mais perto da prisão: juíza de "voto incógnito" vota contra habeas corpus

Onze juízes brasileiros votam esta noite a aprovação ou rejeição do pedido de habeas corpus pedido pelo ex-presidente do país. Votação está em 4-1 desfavorável ao habeas corpus

Onze juízes decidem esta noite o fado de Lula da Silva. O Brasil vota esta noite a aprovação ou rejeição do pedido de habeas corpus pedido pelo ex-presidente do país, que foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo Tribunal Regional Federal de Porto Alegre.

Segundo o Globo, observadores do Supremo Tribunal Federal (STF) consideram este voto de Rosa Weber como decisivo, pois na teoria, sem o voto desta juíza e sem surpresas, o resultado da votação ficaria em 5-5. Rosa Weber foi nomeada juíza do STF em dezembro de 2011 por Dilma Rousseff, alguém muito próximo de Lula.

À data deste artigo, a votação está em 5-1 desfavorável ao habeas corpus de Lula.

Última atualização às 00h58

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de