Nove dias de luto pela morte do "Comandante"

Procissão de quatro dias com as cinzas de Fidel Castro vai fazer o mesmo percurso da Caravana da Liberdade de 1959. Período de luto culmina com o funeral de Fidel Castro, a 4 de dezembro.

Cuba decretou nove dias de luto nacional pelo óbito do líder histórico Fidel Castro, que morreu na noite de sexta-feira, aos 90 anos, e anunciou que o funeral vai realizar-se a 4 de dezembro.

Através de um breve comunicado, o Conselho de Estado cubano acrescenta que "todas as atividades e espetáculos públicos" serão interrompidos. A bandeira nacional será colocada a meia haste em todos os edifícios públicos e estabelecimentos militares. Também a rádio e a televisão vão ter uma programação especial, informativa, patriótica e histórica.

Durante a semana vão realizar-se diversas homenagens em Cuba. O ponto alto vai ser a marcha com as cinzas do ex-presidente cubano que vai atravessar o país ao longo de quatro dias, recriando, mas ao contrário, o percurso da Caravana da Liberdade de 1959

A jornalista Joana Carvalho Reis recorda o percurso da Caravana da Liberdade em 1959

00:0000:00

As cerimónias fúnebres vão realizar-se a 4 de dezembro, em Santiago de Cuba, no sul do país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de