Novo regulamento de dados vale multa de 50 milhões de euros à Google

A comissão de dados francesa é a primeira entidade europeia a multar uma das maiores empresas de tecnologia do mundo após o novo regulamento de dados da União Europeia.

França aplicou uma multa recorde de 50 milhões de euros à gigante tecnológica Google. Em causa está o incumprimento no Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), nomeadamente o facto de a empresa não ter divulgado informação suficiente aos utilizadores sobre o uso de dados pessoais.

De acordo com o Le Monde , a Comissão Nacional de Informática e Liberdade (CNIL) recebeu duas reclamações no mês de maio de 2018 e a investigação revelou que existiu "falta de transparência".

"Informações essenciais, tais como as finalidades para as quais os dados são processados, o período de tempo em que os dados são armazenados ou as categorias de dados usadas para personalizar o anúncio, estão espalhadas de forma excessiva em vários documentos, que incluem botões e links que é necessário acionar para ler as informações adicionais", revelou a comissão em causa.

A decisão prende-se também com o facto de os utilizadores não conseguirem perceber a "extensão dos tratamentos de informação feitos pela Google".

A Google implementou medidas após o novo regulamento entrar em vigor, mas a CNIL acredita que não foi feito o suficiente para garantir a privacidade dos utilizadores, sendo que as falhas se mantêm e são "violações constantes do RGPD".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de