"Os meus pensamentos vão para todos os afetados pela horrível violência"

A rainha Isabel II cancelou a visita desta quinta-feira à Scotland Yard. As instalações ficam perto do local do ataque, em Londres.

A rainha Isabel II exprimiu hoje a sua "profunda simpatia" às vítimas do "horrível" atentado de quarta-feira em Londres com um carro e uma faca, que causou quatro mortos.

"Os meus pensamentos e as minhas orações, assim como a minha mais profunda simpatia, vão para todos aqueles que foram afetados pela horrível violência" do ataque, escreveu a rainha numa mensagem.

Isabel II anulou a visita que tinha previsto para hoje às novas instalações da Scotland Yard, junto ao rio Tamisa e próximo do local do atentado de quarta-feira.

Um homem atropelou várias pessoas na ponte de Westminster e, depois de chocar e abandonar a viatura, correu para o edifício do parlamento britânico, junto ao qual esfaqueou um agente da polícia.

O atacante e três outras pessoas, o polícia esfaqueado e dois civis, morreram e cerca de 40 pessoas ficaram feridas, incluindo um jovem português.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse hoje que o autor do ataque era de nacionalidade britânica e já tinha sido investigado pelos serviços secretos por ligações à violência extrema.

May assegurou, por outro lado, que as autoridades acreditam que ele agiu sozinho e não veem razões para recear outros ataques iminentes.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de