Pela primeira vez uma mulher apresentou o telejornal em horário nobre na Arábia Saudita

Mais um avanço histórico para a igualdade de géneros no país muçulmano e ultraconservador.

Weam al-Dakheel tornou-se a primeira mulher a apresentar o telejornal em horário nobre numa emissora pública da Arábia Saudita.

A pivô começou a apresentar, na semana passada, o noticiário da noite, às 19h30, ao lado de Omar Al Nashwan.

Segundo o Washington Post, a jornalista saudita começou a trabalhar no canal estatal Al-Saudiya no início do ano, depois de passar pela CNBC Arabia e pela Al-Arab, do Bahrein.

Em 2016, Jumanah al-Shami foi a primeira mulher saudita a apresentar um noticiário matutino em televisão.

O príncipe Mohammed bin Salman comprometeu-se elevar a participação das mulheres do mercado de trabalho dos atuais 22% para um terço na próxima década.

Só a partir de junho deste ano as mulheres foram autorizadas sentar-se ao volante na Arábia Saudita, até então o único país do mundo que proibia as mulheres de conduzirem.

Pela lei saudita, a mulher é obrigada a ter sempre um guardião do sexo masculino, seja o marido ou algum membro da família. É esse guardião que decide se a mulher pode estudar ou trabalhar, ou abrir uma conta bancária, se pode casar ou viajar, ou até mesmo submeter-se a algumas cirurgias.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de