Prémio Sakharov para Oposição Democrática na Venezuela

Confirmação da atribuição do prémio feita à TSF pelo eurodeputado Paulo Rangel. O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento é atribuído todos os anos pelo Parlamento Europeu.

A Oposição Democrática na Venezuela é constituída pela Assembleia Nacional e por todos os prisioneiros políticos reconhecidos pelo Fórum Penal Venezuelano. O anúncio oficial foi feito às 12h00 desta quinta-feira.

O grupo tem lutado pela democracia e pelos direitos humanos na Venezuela, enfrentando o presidente Nicolas Maduro.

A Oposição Democrática na Venezuela é representada por estudantes e políticos como Leopoldo López, Antonio Ledezma, Daniel Ceballos, Yon Goicoechea, Lorent Saleh, Alfredo Ramos e Andrea González.

Os prisioneiros políticos e a Oposição Democrática na Venezuela já tinham sido nomeados para o Prémio Sakharov em 2015. Foram nomeados pelo grupo do Partido Partido Popular Europeu e a Aliança dos Liberais e Democratas para a Europa.

"A oposição venezuelana é um exemplo para todos. São pessoas corajosas que, apesar de serem agredidos e aprisionados, não têm medo e não desistem de lutar pela sua liberdade e dignidade", disse José Ignacio Salafranca, deputado do Partido Popular espanhol no parlamento europeu, em reação à atribuição do prémio.

"Este prémio irá contribuir para a restauração da liberdade, democracia, paz, direitos humanos e Estado de direito na Venezuela", afirmou o deputado europeu.

O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento é atribuído todos os anos pelo Parlamento Europeu a personalidades ou entidades que se distinguem na defesa dos direitos humanos e das liberdades fundamentais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de