Presidente chinês pede contenção a Trump face a tensão na península coreana

Trump também conversou com primeiro-ministro japonês, com os dois países a acordarem numa estreita cooperação sobre a Coreia do Norte.

O Presidente chinês, Xi Jinping, apelou ao seu homólogo norte-americano, Donald Trump, para que exerça contenção, face à crescente tensão na península coreana, informou a televisão oficial chinesa CCTV.

Xi falou com Trump por telefone sobre a situação na Coreia do Norte, num momento em que Washington tem endurecido o tom para com o regime de Kim Jong-un. Segundo a agência oficial Xinhua, os líderes concordaram em manter os contactos através de diferentes canais, visando abordar questões que preocupem as duas potências.

Também o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o Presidente dos Estados Unidos, acordaram manter uma estreita cooperação para lidar com a Coreia do Norte e permanecer vigilantes e em alerta.

Os dois líderes, que conversaram ao telefone durante cerca de meia hora, mostraram-se "completamente de acordo" em estreitar a sua cooperação para "procurar encarecidamente o autocontrolo da Coreia do Norte, que continua os seus perigosos atos de provocação", indicou Abe, aos jornalistas.

Shinzo Abe agradeceu ainda a disponibilidade da Administração norte-americana no sentido de ter "todas as opções em cima da mesa" para lidar com o regime de Pyongyang.

Estes anúncios de cooperação surgem um dia depois de os Estados Unidos terem anunciado o envio de um contingente de navios militares, liderado pelo porta-aviões "Carl Vinson", para águas próximas da península coreana, situação que gerou rápida resposta por parte da Coreia do Norte.

Pyongyang considerou a decisão norte-americana uma provocação bélica e advertiu para o início de uma "guerra termonuclear", caso Washington continue com aquelas manobras.

O hermético país asiático tem afirmado, em várias ocasiões, estar "totalmente preparado" para responder a "provocações" e "intimidações" dos Estados Unidos e, em particular, ao envio de um porta-aviões.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados