Tem 132 anos e é a mensagem numa garrafa mais antiga do mundo

Tarde, mas alguém leu. A mensagem mais antiga do mundo dentro de uma garrafa de vidro que foi encontrada numa praia, na Austrália. Tem quase 132 anos e veio de um navio alemão.

Era mais uma viagem de Tonya Illman, a família e os amigos, na sua carrinha pelo areal da praia de Wedge Island, no oeste da Austrália, quando avistou uma garrafa de vidro que "ficava bem para por na prateleira". Para o marido, Kym Illman, que mais tarde relatou no seu site todos os passos de algo que se tornou uma grande descoberta, a garrafa seria mais uma ocasião em que a esposa ia "levar mais tralha para casa". O encanto pelo recipiente que tinha dado à costa já bastava para Tonya, mas a própria não calculava que lá dentro estaria um pedaço de história.

Semelhante a uma garrafa de gin tónico, no interior estava um papel muito fino, enrolado "como um cigarro", onde estava escrita uma mensagem com mais de um século, com uma caligrafia peculiar e em alemão. Trata-se de um documento com 131 anos e 223 dias (quando encontrado a 21 de janeiro deste ano), proveniente da navegação alemã Paula enquanto atravessava o Oceano Índico em 1886, a cerca de 950 quilómetros da costa australiana. Este papel, que no verso da mensagem tinha o pedido de devolução ao Observatório Naval Alemão, foi autenticado pelos peritos do Museu do Oeste da Austrália.

De acordo com os especialistas do museu, a mensagem foi escrita pelo capitão do navio durante uma viagem com destino à Indonésia, no século XIX. Os alemães atiravam para o mar estas mensagens em garrafas para estudar as correntes marítimas, bem como as rotas mais favoráveis para navegar. A partir de um formulário, o chefe do navio identificava a data de quando foi atirada a garrafa, as coordenadas exatas do navio, o nome da embarcação e a respetiva rota.

A experiência científica durou 69 anos, segundo o jornal The Guardian, e envolveu vários navios alemães. Das milhares de mensagens atiradas ao mar durante a experiência, foram encontradas e devolvidas 662 mensagens. A última descoberta relacionada com este movimento marítimo foi feita em 1934.

O documento e a garrafa agora encontrados vão estar em exposição no Museu do Oeste da Austrália nos próximos dois anos. "Só de pensar que esta garrafa não foi tocada durante quase 132 anos e está em perfeitas condições... Ainda fico a tremer e em pele de galinha" revelou Tonya Illman à BBC.

Segundo os recordes do Guinness, antes desta descoberta a mensagem mais antiga do mundo encontrada dentro de uma garrafa esteve 108 anos à deriva no mar e foi encontrada em abril de 2015, curiosamente na Alemanha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de