Wikileaks revela plano do FMI para pressionar a Grécia

O 'site' divulgou uma alegada conversa entre responsáveis do FMI que alinhavam estratégias para impor mais austeridade aos gregos e forçar a Alemanha a admitir reestruturar a divida de Atenas.

Depois de publicadas as alegadas transcrições destas conversas telefónicas, o primeiro-ministro grego convocou já uma reunião de urgência.

A publicação da Wikileaks ocorreu hoje. O documento divulgado transcreve uma alegada conversa entre dois responsáveis do Fundo Monetário internacional mais concretamente o diretor de assuntos para a Europa, Poul Thomsen, e e a chefe da missão da instituição na Grécia, Delia Velculescu.

A conversa, ocorrida a 19 de março, mostra que estes responsáveis querem acelerar o ritmo das negociações relativas às reformas a implementar pela Grécia e levar as instituições europeias a pressionarem mais o governo de Atenas. Na alegada transcrição, os dois responsáveis do FMI falam da estratégia a utilizar, pela instituição que representam, nas negociações do terceiro programa de reformas defendendo metas orçamentais mais duras com cortes na despesa e propondo um alívio da dívida grega.

Durante a conversa, Poul Thomsen, um dos representantes do FMI no programa de resgate a Portugal, admite que a Grécia, no passado, só cedeu aos cortes quando estava quase sem dinheiro e refere que provavelmente isso irá acontecer de novo.

Thompson refere ainda a reestruturação da dívida grega e de como levar a Alemanha a aceitá-la. "Basicamente, nós a certa altura dizemos: "senhora Merkel, tem um desafio e tem de pensar o que lhe traz mais custos. Ir em frente sem o FMI e, aí o parlamento alemão irá questionar "o FMI não participa?", ou escolher o alívio da dívida que nós pensamos que é necessário para estarmos dentro", afirmou.

Depois da divulgação destes documentos, o primeiro-ministro grego convocou para este sábado um conselho de ministros extraordinário.

As negociações entre o governo de Atenas e os credores internacionais recomeçam esta segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de